Compartilhe
Abelardo Luz

Governo Municipal incentiva expansão da avicultura para aumentar renda das famílias do campo

Publicado em 06/12/2018 às 09:57 - Atualizado em 06/12/2018 às 09:57

Com objetivo de melhorar a renda das famílias agricultoras e consequentemente aumentar o movimento econômico fiscal, o o Município de Abelardo Luz está incentivando e apostando na expansão da avicultura. Para isso, está disponibilizando subsídios de máquinas aos produtores para fazer a terraplenagem para construção de novos aviários.

O prefeito Wilamir Cavassini, acompanhado do secretário de Agricultura Selvino Pereira e do médico veterinário Carlos de Sennes Pinto, visitou na última semana a propriedade da Família Schwaab, localizada no Assentamento Santa Rosa 1, uma das primeiras a investir na avicultura na região dos assentamentos de reforma agrária.

Com dois aviários de 100 metros de comprimento por 12 metros de largura e outro de 125 metros de comprimento por 16 de largura, a família produz em média 50 mil frangos. Todas as aves são entregues a cada 45 dias ao Frigorifico Aurora de Abelardo Luz.

“Viemos conhecer esse exemplo que deu certo e acompanhar as obras de terraplanagem e construção de novos aviários nesta região que estão sendo feitas na nossa gestão. A família Schwaab é um exemplo empreendedorismo rural que, com muito empenho e dedicação, demostra que é possível produzir aves na região dos assentamentos, tanto é que está motivada a ampliar”, salienta Cavassini.

O prefeito ressalta que as áreas dos assentamentos são pequenas e só depender da produção de grãos fica mais difícil para manter as famílias no campo. Segundo ele, o aviário é uma das grandes alternativas para fazer com que as famílias possam ter mais rendimento e consigam viabilizar a sua propriedade.

“Assumimos o compromisso de ampliar o número de aviários em nosso município e estamos visitando as primeiras terraplanagens e os primeiros aviários que estão em construção dentro da nossa administração. Precisamos fazer com que a Unidade da Aurora, que está instalada em Abelardo Luz, tenha sua matéria prima produzida aqui em nosso município, permitindo com isso somar ao movimento econômico para que o retorno venha nos ajudar a fazer frente às grandes necessidades que o município precisa”, afirma.

EMPREENDEDORISMO RURAL

O avicultor Lainir Schwaab apostou na criação de aves há cerca de 5 anos. Ele afirma que, apesar de todas as dificuldades, está satisfeito com a nova atividade que emprega toda a família. “O problema é a gente começar. Se não fosse a prefeitura ajudar a fazer terraplanagem não conseguiríamos fazer o aviário. O custo é muito alto”, ressalta.

De acordo com Lainir, a maior dificuldade para quem quer investir na avicultura na região dos assentamentos é não ter as escrituras das terras. “O problema que não temos escrituras e se tu não tiver um avalista não consegue financiar. O banco não aceita. No meu caso eu peguei os meus irmãos que me avalizaram e consegui financiar um pouco”, explica.

O sucesso da Família Schwaab incentivou outras famílias a também apostar no negócio como é o caso do avicultor Itacir Barcelos, que é cunhado de Lainir. “Faz dois anos que estamos trabalhando com um aviário e estamos ampliando fazendo mais um para ver daqui para frente se as coisas melhorem para nós da agricultura,” ressalta ele, que largou o emprego na capital e voltou a Abelardo Luz para investir na avicultura.

Atualmente Itacir possui um aviário de 100 metros com uma média de produção de 13 mil frangos. Agora pretende dobrar a produção com a construção do novo aviário de 125 metros de comprimento por 16 metros de largura com capacidade para alojar de 25 a 28 mil aves. “O meu cunhado já trabalhava com os aviários e começamos a trabalhar juntos. Como a prefeitura está ajudando na terraplanagem fica mais fácil investir e construir. Compramos aviários usados e a mão de obra para construção vem da própria família”, relata.

O irmão de Itacir, Ademir Barcelos, que mora em outro lote nas proximidades, também está otimista com a construção do primeiro aviário de 100 metros. “A gente tem que investir numa coisa diferente. Só lutar com a roça e a lavoura não traz muita renda para a família. Quero manter a gurizada no interior. Trabalhamos com vaca de leite e não podemos ter muito porque é pouca terra. Daí vamos tentar o aviário. Estou na expectativa que dê certo” comenta.

Ascom Abelardo Luz


Rua Floriano Peixoto, 100, Centro, Xanxerê - SC
CEP: 89820-000